Memória Descritiva - Fotografia

No módulo 5 de Comunicação Audio Visual- Fotografia, foi lançado um desafio a partir da “Metamorfose” de Kafka e que a seguir se transcreve:
“O que gostarias de contar a ti mesmo sobre o que de ti descobriste quando daqui a largos anos tropeçares nas tuas memórias?”
Foi, igualmente, pedido que fosse realizado o seguinte trabalho: realizássemos um retrato que reflectisse o nosso conceito, o qual se define pela frescura da idade que não quero perder, e o medo e a dor que a repressão me causam. A ideia chave do meu conceito incide no voltar às origens, mantendo a frescura e perdendo as inibições.
A partir desse conceito iniciei  a clarificação dos referenciais implícitos, dentro dos quais me foquei mais no trabalho de Henri Cartier-Bresson, e no filme “Mr. Magorium's Wonder Emporium do realizador Zach Helm, dentro da ideia de manter a frescura.
Em seguida comecei a exploração de ideias à volta das relações interpessoais dentro e com a sociedade, e ainda um pouco à volta da infância.
O produto final foi a exploração melhor conseguida, relacionada com as origens, o solto e fresco que temos em nós a mostrar-se ao mundo. A cor, sobressaindo devido ao fundo neutro,   transmite muito essa alegria, e o movimento, dos figurinos, a soltura, e tudo isto lhe dá um carácter festivo, e para mim é a alegria e o agradecer estar vivo, e viver.